26 de dezembro de 2012

A educação de um filho...

... É algo muito difícil e podem surgir situações muito complicadas quando alguém fora do núcleo, como uma avó, quer interferir. Felizmente eu e o meu marido estamos de acordo em quase todas as questões centrais da educação. Claro que isto não quer dizer que pensamos sempre da mesma maneira ou fazemos as coisas da mesma forma, mas temos os mesmos princípios e ideais e sabemos muito bem como queremos educar o nosso filho. E se há coisa que nos deixa malucos é quando querem interferir na educação do A. e nos desautorizam. Nesta altura, no estado em que estão as minhas hormonas, facilmente me tiram do sério e me põem a chorar. E foi isto que aconteceu e deixou uma marca neste Natal. O que é que faziam se chegassem à consoada e o vosso filho não tivesse lugar à mesa? Se fosse a única criança na casa e estivesse sozinho sentado numa mesa de apoio virado para a parede? Se vos dissesse, muito triste, que queria ficar na mesa dos crescidos e que não se tinha portado mal? Não vou entrar em pormenores, mas posso dizer que jantámos só os dois na mesa de apoio e que a alegria dessa noite de Natal ficou logo ali. É que o meu filho janta à nossa mesa desde bebé. Sabe portar-se como uma criança, mas o lugar dele é na mesa da família. Isto das crianças jantarem antes na cozinha, sozinhas, e em silêncio para não incomodarem para mim e para o meu marido não faz sentido. E na educação do nosso filho mandamos  nós!

3 comentários:

  1. Não me leves a mal mas gabo-te a coragem de não te teres levantado, pegado nele e vindo embora.... Deixava logo bem claro q se não havia lugar para o meu filho que para mim também não haveria. Não sei exactamente o contexto, mas faço ideia a coitadinha da criança a achar que se tinha portado mal :( beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi a minha vontade, mas por respeito ao meu bisavô que eu amo e está mesmo muito, muito doente e a viver os últimos dias fiquei. E fiz tudo para que o eu filho não se apercebesse que eu estava a chorar e transformei aquela mesa numa mesa especial só para os dois! Já não estou de baixa. Quando quiseres combinar a tal ida ao parque, manda um email. Bjs ebBoas Festas! Um óptimo ano para todos!

      Eliminar
  2. Estou como a Filipa...acho que a vontade era dizer: ahh não sabiam que vínhamos em família? Então vamos cear em família...
    Mas tb percebo que tivesses de ceder.

    Um pequeno reparo, acho que o teu marido devia ter jantado convosco, havendo ou não espaço para tal.

    Mas para a próxima já sabes com o que contas e podes inverter a situação atempadamente.
    As melhoras do pequenote.

    ResponderEliminar

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!