30 de novembro de 2013

Porque o Natal é partilhar...

Vamos juntar-nos à Clareira Encantada, em Miraflores, que este ano decidiu ajudar a Associação CrescerSer! Associação Portuguesa para o Direito dos Menores e da Familia. A ideia é até dia 18 e Dezembro entregar géneros alimentícios/produtos de higiene na Clareira Encantada, que os fará chegar à Casa do Parque, que é o Centro de Acolhimento Temporário da Associação CrescerSer, e que está  localizado no Bairro de Outurela Portela de Carnaxide.





O Centro necessita de um pouco de tudo, mas enviou uma lista de alguns géneros alimentícios/produtos de Higiene para a Clareira Encantada.

- Atum
-Salchichas
-Azeite
- Puré
-Champo
-Amaciador de cabelo
-gel de banho
-Pastas de dentes
-Detergente da roupa/loiça
-Guardanapos de papel
-Fraldas -todos os tamanhos
-Toalhitas
- Pijamas ( 0 aos 12 anos)
- Toalhões de banho
-Aparelho de Aerosol 

Bem sei que os pedidos são muitos ( e, infelizmente cada vez mais devido à enorme crise que vivemos) e que não conseguimos ajudar toda a gente, mas aqui fica o apelo. Nesta casa de acolhimento temporário estão 14 crianças, algumas delas recém nascidas. Se todas dermos um bocadinho, esse bocadinho faz a diferença. 

Passatempo Medithai Porto

Depois do grande sucesso que foi o Passatempo Medithai Lisboa, chegou a hora de lançar um novo passatempo. Eu disse que tinha um mimo para as minhas queridas leitoras do Norte e aqui está ele: uma fantástica massagem de casal! Este presente é uma oferta do Medithai, que assim que soube que muitas das leitoras deste blog eram mulheres do Norte ofereceu de imediato uma relaxante massagem de casal no Medithai Porto. Este centro tailandês de massagens terapêuticas está localizado em frente à praia de Matosinhos, com uma magnífica vista sobre o mar e foi pensado para servir os propósitos de relaxamento, equilíbrio e bem-estar das massagens tailandesas. Por isso, mamãs do Norte, este passatempo é para vocês!
As regras de participação são as seguintes:
  • Têm de enviar uma frase a dizer porque é que merecem receber esta maravilhosa massagem para vidasdanossavida@gmail.com
  • Têm de ser seguidoras deste blog
  • Gostar da página do Medithai, aqui e da página deste blog, aqui
  • Partilhar publicamente o post do passatempo no Facebook
A frase mais criativa ganha! Boa sorte a todas as mulheres do Norte que me acompanham neste Vidas da Nossa Vida. Têm até dia 8 de Dezembro para participar!!







29 de novembro de 2013

Baguera cor de rosa

Há a baguera do Livro da Selva...


Há a Pantera cor de rosa

Mas para o meu filho mais velho, esta última é a baguera cor de rosa!! E eu acho uma delícia!!

O meu filho e a Lara Croft

Está fã! Nesta semana de férias o meu marido arranjou a PlayStation e de lá saiu a fabulosa Lara Croft. E estão os dois doidos com o jogo. Eu acho que aquilo não é para uma criança de 3 anos, mas o meu marido diz que não é nem mais nem menos violento que os desenhos animados que o miúdo vê no Panda. E o mais curioso é que ao vê-los jogar parecem dois amigos da mesma idade!! Eu que nunca me atinei com aqueles comandos fico maluca com a destreza do meu filho mais velho a jogar aquilo!

O melhor do meu dia

Ter ido com o Maridão e os meus filhos à Aldeia Natal, no Parque Eduardo VII. Foi uma tarde muito boa em família. O mais velho pôde andar vezes sem conta num lindo carrossel parisiense, encantou-se com os soldados romanos, delirou aos saltos com o pai numa bola de neve, teve receio do Pai Natal e aceitou visitar a casa dos Duendes e das renas comigo. O mais pequeno sorriu encantado com as luzes e dormiu ao som de músicas natalícias! Foi muito bom! Não percam! 

28 de novembro de 2013

Queridas leitoras do Norte!! Este post é para vocês!!

Ao lançar o passatempo Medithai percebi que tenho muitas e muito queridas leitoras no Norte... Por isso, fiquem atentas! Estou a preparar um mimo para vocês!! Eu e o Medithai, claro! 

Gracinhas do mais pequeno!

Agora aprendeu a abanar a cabeça, muito divertido, quando não quer mais sopa, ou quando não quer vestir o casaco ou, simplesmente, quando lha apetece ter graça!! E o mano mais velho adora ir falar com ele e perguntar: o mano quer ir para a cama? O pequeno abana a cabeça e o mais velho ri à gargalhada!! E o pequeno ri também e percebe que tem graça!

Espero não ter apanhado o bicho da virose que por aí anda...

... Mas sinto-me enojada e estou mal da barriga. Na creche dos miúdos é uma praga. Eles até agora têm-se safado mais ou menos, ou seja, umas dores de barriga e uns cocós moles. Mas com uns chás e uns ultra levur para ajudar a coisa tem passado. Mas que tem dado forte e feio a muita gente tem. Já atirou para a cama duas cunhadas e uma amiga e os filhos. Parece que é mesmo um vírus terrível que por aí anda... E eu só quero que passe sem bater à nossa porta. 

27 de novembro de 2013

O melhor do meu dia!

Quando fui buscar os meus filhos à escola e a alegria deles ao verem-me! O mais velho saltou-me para o colo e deu-me um daqueles abraços bons e o mais novo esticou os braços e sorriu, com aquele sorriso maravilhoso e desdentado!! 

O pequeno Afonso voltou para o nosso quarto!

Ele há-de ir de vez dormir para o quarto dele e do mano, mas agora está de volta ao nosso quarto. É que sempre poupo uns quilómetros nocturnos pelo corredor e corro menos riscos de me constipar a andar pela casa a noite toda. É que o meu pirilampo dorme que é um espectáculo das 19h à uma da manhã, hora em que acorda com fome. Depois do leitinho quer conversa. Muita conversa. E ri com aquela boca desdentada. E eu até me consolo, na primeira meia hora. Depois tento que ele durma, mas ele quer colo e grita quando o deito na cama. E no meio deste carnaval em vez de ter um filho acordado, tenho dois. Estando no meu quarto é mais fácil, quando cai a chucha é só esticar a mão e eu  não durmo tão à coca de o ouvir lá no outro quarto. Claro que no meio da nossa animação nocturna ontem depois de adormecer ao colo o Afonso fui deitar o mais velho e... Bom dia!! Foi lá que acordei ao lado do meu mais velho. E dormi direitinha da uma e meia às oito!! Acordei fresca e bem domida!! São uma animação as nossas noites!! 

Porque todas as crianças merecem um Novo Futuro!

É já amanhã a inauguração da Feira de Solidariedade Novo Futuro - Rastrillo, e durante quatro dias podemos comprar roupas, livros, artigos de beleza, perfumes, brinquedos, artigos para bebé, decoração e peças em segunda mão ao mesmo tempo que ajudamos esta Associação fantástica,  que apoia 74 crianças e jovens dando-lhes a casa e a família que a vida lhes tirou. O bilhete de entrada na Feira, que se realiza no Centro de Congressos de Lisboa, tem um custo de 2,50 euros, os quais revertem totalmente a favor da Associação Novo Futuro. Não faltem! Até o Avô Cantigas vai lá estar! 



25 de novembro de 2013

De regresso a quarto dos manos!!

Depois de um mês de bronquiloites, tosses e viroses em que o Afonso dormiu no nosso quarto hoje foi noite de regressar ao quarto dos manos, até porque o Alexandre estava "farto de dormir sozinho" e usava esse pretexto para ir todas as noites para a nossa casa: "estão todos aqui! Eu também quero estar. Somos uma família!". Hoje ao deitá-lo disse que esta noite já não precisava de ir para a nossa cama, pois já não estava sozinho. Passado um bocado, levantou-se a dizer: alguém pode ir um bocadinho fazer-me companhia ao meu quarto. Estou farto de estar sozinho com o mano. Ele está a dormir! Há-de arranjar sempre uma desculpa para adiar o sono e para escapulir para a nossa cama! Agora é esperar que a noite corra bem e que eles se adaptem bem a dormir no mesmo quarto e que eu não passe a noite a fazer piscinas de um quarto para o outro.

Por aqui já se vive a época natalícia!!

O melhor do meu dia

O meu marido ter ido comigo levar e buscar os nossos filhos à escola. Foi muito bom. É muito raro irmos os quatro e, por isso, especial! (E se tudo correr bem vai ser assim a semana toda, que o Maridão está de férias! Um mini oásis na loucura de trabalho e ausências até ao final do ano.)

23 de novembro de 2013

7 meses do bebé Afonso!!

Parabéns, bebé mais querido e fofo da mãe!! 

Agora é o mais velho!!

Quando parece que o pequeno Afonso ficou bom o mais velho está doente. Não sei se é a mesma virose gástrica que supostamente o pequenino teve, mas sei que esta noite foi uma desgraça. Não dei pelo mais velho entrar na nossa cama, mas acordei com o som de uma "golfada" de vomitado. Quando abro os olhos vejo o mais velho a vomitar loucamente, mas a continuar a dormir. Levantei-o e ele vomita novamente. Por sorte, vomitou para o lado de fora da cama ou eu tinha acordado de forma ainda pior! Lavei-o e depois mudei os lençóis da cama, lavei o chão e a cama do irmão! Se há alguma vantagem em estar com o nariz completamente entupido é esta: nem um cheirinho a vomitado! Limpei tudo e lavei sem sentir aquele cheiro que nos dá logo vómitos. Hoje já se sente melhor e diz que não lhe dói a barriga. Teve direito a chá preto, um chupa chupa, que segundo o pediatra é bom para estas situações por causa do açúcar, e já está uma sopa de cenoura a fazer na Bimby. Vamos ver como corre o resto do fim de semana. Eu tinha planeado fazer a árvore de Natal e ir ao pavilhão do conhecimento, mas nisto da maternidade não adianta fazer muitos planos! Uma hora de cada vez! No meio do reboliço da noite o pequeno Afonso não acordou. Ao menos isso. E agora é rezar para que ele não volte a ficar doente!

22 de novembro de 2013

"Há Festa no Palácio!"

Mais um evento solidário a não perder! Esta venda de natal solidária, organizada por um grupo de amigos (a RSA - Responsabilidade Social Entre Amigos) decorrerá nos salões do Palácio Foz, nos Restauradores, em Lisboa, nos dias 28, 29 e 30 deste mês. É uma excelente oportunidade para comprar os presentes de Natal ao mesmo tempo que se contribui para as associações que beneficiam directamente deste projecto, como é o caso da Ajuda de Mãe!



O presente de aniversário do Pai cá de casa!

Não façam perguntas a uma criança se não souberem lidar com a resposta! Esta foi uma lição que aprendi recentemente. Perguntei ao meu filho mais velho que presente queria dar ao pai nos anos. (Asneira número 1!) Ele respondeu um skate. Eu mudei de assunto, até porque o meu marido não anda de skate e já basta o futebol e o padel para as lesões. Esta semana fiz a mesma pergunta e obtive a seguinte resposta: já te disse, mãe! um skate! E ontem lá fomos à Decathlon comprar um skate! (Asneira número 2, mas o que é que eu podia fazer?) "E brilha no escuro e tudo, mãe" Expliquei-lhe que o aniversário do pai era só depois do fim de semana, mas que eu o avisava. Escondemos o skate num armário, depois de o convencer que não podíamos tirar o plástico ao skate. Mal o pai entrou em casa, ainda não tinha fechado a porta da rua, já o meu filho gritava feliz aniversário, pai! Comprei-te um skate! E abria o armário do hall para lhe mostrar o skate. Entre o meu marido explicar ao miúdo que não fazia anos, mas ele só o abraçava radiante a dizer feliz aniversário, pai!, e olhar para mim sem perceber que skate era aquele, a mim só me dava para rir. Passado o excitamento inicial o meu filho regressa para a construção dos legos e o meu marido olha para mim: um skate?! A sério? Queres que eu me mate? E eu ri... E lá lhe contei a história da vinda do skate..

O regresso à creche

O meu filhote pequenino hoje regressou à creche. Sem febre desde segunda feira, já sem cólicas desde que eliminámos a papa e com um bom estado geral achámos que era bom ele regressar. Regressa devagarinho, e só hoje, porque amanhã já é fim de semana... Não estranhou. Sorriu para a educadora, mas eu sei que ele vai sentir falta do mimo da mãe... Têm sido semanas de muito amor, muito mimo, atenção e colo. E no meio da enorme chatice e preocupação que é ter um bebé doente, e tão doente que ele esteve, houve tempo para muito aconchego de mãe e atenção exclusiva ao pequenino cá de casa... Só espero que ele não volte a piorar e que o frio da manhã com o calor da creche não o ponha outra vez doente.

21 de novembro de 2013

O melhor do meu dia

As risotas e as cócegas do meu filho mais velho enquanto eu lhe punha creme e massajava os pés depois do banho!! Eu aproveitei bem e ele cada vez ria mais! 
e o melhor da minha noite vai ser agora... lareira, uma manta e um marido só meu a vermos um episódio do Downton Abbey... (e espero que não haja chamadas nem choros nem um maaaãeeee, pelo menos na próxima hora, pode ser?)

Passatempo Medithai

A Sandra já recebeu o voucher para a sua massagem Medithai! Espero que ela goste e aproveite ao máximo para relaxar! Façam like na página do Medithai e fiquem à espera de mais novidades... Sabem que o Medithai também tem um centro fantástico em Matosinhos? Queridas leitoras do Norte... Fiquem atentas ao meu blog! E, mais uma vez, muito obrigada Medithai!! 

O meu mais velho

No carro a caminho de casa, conversávamos sobre o dia e as brincadeiras dele na escola.
Filho: eu não gosto da L. Ela é feia e despenteada e eu não gosto de meninas assim! Só gosto de meninas bonitas como a M. Por isso é que casei com ela. Mas ela não me deu anel quando casámos, porquê?

20 de novembro de 2013

Vencedora Passatempo Medithai

E a vencedora do Passatempo Medithai é a Sandra Luciano com a frase "Os meus dias têm invariavelmente 18 horas, durmo pouco e se sonho já nem me consigo lembrar, parar um bocadinho e relaxar parece ter sido numa outra vida, se mereço uma massagem? Não sei mas, que faria toda a diferença, faria."! Parabéns e boa massagem, Sandra! Depois envio por email os pormenores. E obrigada a todas as participantes! Afinal, todas merecem uma boa massagem para relaxar e recarregar baterias!

Receita win win - lombinhos de porco com mel e laranja

A Marta do Dolce Far Niente queria receitas simples e deliciosas. Eu sugeri-lhe algumas e a Marta escolheu uma para partilhar com as leitoras do seu blog. Espero que ela e a família gostem. Já a tinha partilhado aqui há no blog muito tempo (ainda na era pré Bimby), mas aqui fica novamente a sugestão.

O dia do pijama e o direito de todas as crianças terem direito a uma família

Apesar de hoje de manhã estar com uma cara de meter medo ao susto e de me sentir muito cansada e atordoada a verdade é que consegui estar a cem por cento com o mais velho quando o ia levar à escola. Falávamos do grande dia que ele ia viver e do mote da Casa dos Pijamas. E foi aí que me lembrei de abordar um assunto sério. Já que o dia de hoje era para marcar a importância de todas as crianças terem direito a uma família resolvi falar-lhe das mães de barriga e das mães de coração, porque nem todas as mães tiveram os seus bebés na barriga. E dei-lhe o exemplo de dois dos primos dele. Um já adolescente e um pequenino que se juntou a nós há um ano e meio. E expliquei que a família deles de nascimento não podia tomar conta deles e que os tios, e todos nós, éramos a sua família. Ele ouviu tudo e quando eu acabei disse: podemos ter esta conversa outra vez, mãe? É para eu perceber tudo bem. E lá lhe voltei a explicar tudo e ele compreendeu muito bem. E ao final do dia falou com grande alegria do dia que tinha vivido hoje e das moedas que ele e os amigos todos tinham conseguido juntar para todas as crianças terem uma família!

Entre cólicas, choro e mais uma noite em claro

Parecia que o Afonso estava melhor e resolvi voltar a introduzir a papa. Foi asneira e o meu filho reagiu muito mal. Gritou, chorou e esperneou até às 4 da manhã, completamente desesperado de dor. A essa hora fui com ele para a casa de banho, aqueci o espaço e preparei um banho quente. Relaxou dentro de água e eu consegui fazer-lhe uma boa massagem. A seguir embalei-o ao colo, pelo escuro da casa, até assustar o mais velho que ia a caminho da minha cama... Depois de meia hora de bombardeamento de punzetas caiu redondo na cama! Eu nem queria acreditar que as dores lhe tinham passado. Deitei-me já perto das 5, mas estava tão acordada que tive dificuldade em adormecer. Acordei às 8 para levar o mais velho à escola. Hoje era dia do pijama e eu estive mesmo tentada em também aderir!! Por volta das 10 ligaram-me da dermatologia da Cuf ( onde ontem fui tirar um sinal) e eu só dizia à senhora que eu e o meu filho não tínhamos ido à dermatologia e que não estava a perceber... Ela deve ter achado que eu estava alcoolizada e lá me lembrou que eu ontem tinha feito uma micro cirurgia para remover um sinal... Ai, pois foi! Já nem me lembrava!! E é assim que uma pessoa caminha para a loucura, que isto de não dormir é mesmo uma tortura. Como as crises do Afonso têm coincidido com a comida da papa, já liguei para a marca para virem recolher para análise. Pode haver qualquer problema ou é só o meu filho que não a tolera bem, mas há que ir descartando hipóteses. O que o tem aliviado é o chá alivit. O chá e uma almofada de cereais quentes nas costas ajudaram-no agora a adormecer. Vamos ver como correm as próximas horas.

19 de novembro de 2013

Passatempo Medithai

Espero amanhã conseguir revelar quem é a sortuda que vai receber uma massagem no Medithai!! 

Dia do pijama

E amanhã é o dia do pijama na escola dos meus filhos. O pequeno continua de molho pelo que só o mais velho terá direito a um dia especial e solidário!! Vai ser um dia muito especial!

18 de novembro de 2013

"Tal mãe, tal filhos"

E hoje estamos aqui. Obrigada pelo convite para fazer parte desta rubrica, de um blog que sigo com imenso gosto e carinho. Um beijinho Sofia! E parabéns pela família linda!! Adoro famílias grandes com grandes sorrisos!

17 de novembro de 2013

O melhor do meu dia

O meu bebé Afonso estar melhor do que parece ser uma gastroenterite viral. Cada minuto em que ele esteve bem disposto, a rir, sem dores e a distribuir sorrisos e festas por mim, pelo pai e pelo mano foi o melhor do meu dia!

Tenho um adolescente de 3 anos!!

Oh, mãe isto é buéda fixe!! Oh, mãe! Tu és buéda linda!! Oh, isso é bué!! 

Mas o que é isto?? Nós não falamos assim. Sempre odeiei os bués e os buédas.... Filho, quem é que te ensinou a dizer buéda e a falar assim? Filho: fui eu. Primeiro nasci e depois aprendi estas palavras!! Claro que só podem ter sido os primos mais velhos, os adolescente de verdade! Os ídolos deste meu filho!! 

16 de novembro de 2013

E agora a febre!!

O Afonso estava melhor, mas esta noite não sei o que é que lhe aconteceu! Quando eu me ia deitar ele acordou, o meu marido preparou um biberão, mas ele não quis. E bolçou. E foi aqui que começou a tourada. Deitei-o e começou a gemer baixinho como se tivesse dores. E foi assim. Chorava, gemia. Eu adormecia-o, mas ele acordava a chorar e a contorcer-se de dores como se tivesse uma cólica gigante! Surgiu a febre por volta das 6 da manhã, pus-lhe um ben-u-ron e fui com ele ao hospital. Por causa do problema dos bacinetes aumentados fui alterada para caso ele tivesse febre e assim que tivesse ir com ele despistar infecção urinária. Felizmente não tinha nada na urina e as duas médicas que o viram não encontraram nada. Pode ser uma gastrenterite a chegar, uma virose, uma otite no início... É ir estando atenta e dar o ben-u-ron para a febre. Cheguei a casa e enfiei-me na cama depois de expulsar Maridão e filho crescido para a sala, que queria dormir em silêncio e sem desenhos animados. Uma hora e meia depois sou acordada porque é preciso ficar com o bebé que o pai vai ao futebol com o grande. São horas dele almoçar, mas rejeitou a sopa. (Será que foi a mini dose de brócolos que causou esta cólica gigante, mas e a febre?) Comeu fruta e foi dormir, que se eu tive uma noite má a dele foi péssima. E eu vou deitar-me também, que já não tenho idade para noites em claro.  E esta foi a primeira noite em claro que o Afonso me deu.

15 de novembro de 2013

Evitar o excesso de brinquedos

O meu filho mais velho faz anos colado ao Natal, o que significa uma loucura de presentes que lhe dão. A família é grande, os amigos também e os brinquedos são às dezenas e dezenas e para nós é impensável dar os brinquedos todos de uma vez. O que é que fazemos?? Ele abre tudo a que tem direito e nós percebemos logo o que é que ele mais adorou e não vai esquecer. Os restantes, até porque alguns são para um pouco mais à frente no desenvolvimento, guardamos bem guardados. E ele na loucura das festas, dos amigos e primos e das brincadeiras não consegue memorizar tudo o que recebeu. E depois, ao longo do ano, sempre que se justifica lá vem um presente mágico, em troca de um antigo que oferecemos. Hoje, segundo dia em casa e para fugir um bocadinho à TV tivemos a visita do T Rex!! Ele perguntou onde eu tinha ido buscar e eu disse que tinha sido o amigo Vicente, da escola, que lhe tinha dado nos anos ao que ele respondeu: ele é mesmo meu amigo!! 




As minhas últimas semanas... Mãe a tempo inteiro, fechada em casa com os miúdos doentes!


Carta ao Pai Natal

Uma carta ao Pai Natal escrita a meias. Eu e ele. A escrita árabe é a dele! E desenho central começou por ser uma pista de bayblades e acabou com umas pernas transformada no pai! Agora vamos colocar num envelope e entregar nos CTT, que eles têm uma morada para o Pai Natal, que não deixa os mais pequenos sem resposta!

Passatempo Medithai!

A pedido de algumas mães que estão apertadas de tempo decidi alargar o Passatempo Medithai até às 23h59m de Domingo! Por isso, têm mais tempo para participar. Boa sorte! E é claro que este passatempo também está aberto aos pais!! Só têm de ser criativos!

Os meus filhos podiam dormir a sesta ao mesmo tempo?

Podiam! Mas assim é muito giro e a mãe nunca está sozinha, não é? Pequeno Afonso almoça às 10h30 da manhã, altura em que já guincha de fome. Às 11 está ferrado a dormir. Acorda por volta das 13h, altura em que eu e o irmão almoçamos. Ainda come qualquer coisa, que este miúdo não pode ver ninguém comer, ainda deita qualquer coisa ao chão (não o afastem bem da mesa, não! há bocado puxou o meu individual e quando cheguei de ir lavar as mãos ao mano estava coberto de arroz branco e tud no chão). Depois o irmão vai dormir e ele fica aqui bem acordado. Depois o irmão acorda lá para as 16 e é a hora deste dormir a sesta. Claro que eles podiam dormir a sesta à mesma hora, mas não era a mesma coisa, pois não?

Tipo de letra dos títulos aqui do blog!

Recebi uns emails e uns comentários a dizer que depois da mudança de imagem e de letra aqui do blog os acentos tinham desaparecido. Eu fui verificar e no meu computador e Ipad apareciam e não pensei mais no assunto, mas com novos avisos decidi mudar de letra. Deve haver um bug com aquele tipo de letra que eu tinha escolhido. E agora? Aparecem os acentos? Muito obrigada!

14 de novembro de 2013

Tarde de mimo, brincadeiras, filmes, Brufen e Ventilan!


Apesar de estarem os dois de molho têm estado sempre bem dispostos e a brincar imenso um com o outro. Eu tenho-os aproveitado ao máximo e já os beijoquei mil vezes. O Afonso já foi apertado e esborrachado umas duas mil vezes pelo irmão, mas não se queixou nada! E o melhor é que o Afonso está a reagir bem a esta nova vaga de ventilan e a contipação do mais velho não requer não é das fortes! Haja mimo e brincadeira e umas boas sestas!

Mudança no menú do Afonso

Estou a fazer sopinhas com carne de borrego. Até agora foram sempre com frango. E hoje também estou a introduzir os bróculos. Espero que o Afonso goste, mas, para já, ele tem adorado tudo o que é sopas! (haja algum filho que come sopa sem gritos e birras, Ufa!)

Os manos doentes!

O Afonso continua de molho, apesar do Ventilan estar a fazer algum efeito e de lhe sentir menos pieira, mas agora é a vez do mais velho também estar doente! Tosse, nariz entupido e muitos espirros! Eu acho que ele até gostou de ficar doente, porque assim fica no mimo em casa com a mãe e com o mano. E disse logo: podemos ver 9 e mais 5 filmes e mais 4, mãe?? Parece que vou ter um dia cinematográfico!!

13 de novembro de 2013

O melhor do meu dia

As gargalhadas dos dois manos, deitados na cama do mais velho, a ouvir a história da noite que hoje era: a viagem da família divertida à Terra do Nunca! Muitas cócegas e muita risota. Estavam tão felizes! E eu também, claro!! 

Passatempo Medithai



Não conhecem o Medithai? Eu sou fã deste Centro Tailandês de Massagens Terapêuticas desde que abriu portas em 2008, em Lisboa. Como já aqui referi várias vezes, para mim, eles são os melhores. Os melhores e os mais atenciosos. O espaço é super zen e acolhedor e as massagens são fantásticas. Há umas massagens mais direccionadas para o relaxamento, as minhas preferidas, e há outras com uma vertente mais terapêutica. E como eu sou mesmo uma grande fã deste Centro quis partilhar este meu gosto com uma das minhas leitoras e propus ao Medithai Lisboa oferecermos uma massagem a uma super mãe a precisar de relaxar. Como eles são mesmo queridos decidiram que a oferta é uma massagem de casal. Afinal, qual é a super mãe que não merece um momento de relaxamento a sós com o marido? Uma hora de puro relaxamento sem fraldas, biberons ou birras! Um mimo extra na correria do dia-a-dia que permite recuperar baterias e sair de lá com um sorriso nos lábios. Afinal, toda a gente sabe que pais felizes, filhos felizes!

Para participarem neste passatempo:
1-      Têm de ser seguidoras deste blog,
2-      Fazer gosto na página do Medithai e na página do blog,
3-  Partilhar este post em modo público na cronologia do Facebook, escrevendo “Eu quero ir ao Medithai!”,
4-  E Enviar um email para vidasdanossavida@gmail.com a dizerem porque é que são vocês que merecem este momento de puro prazer no Medithai!

A resposta mais gira ganha e lá vai um casal todo contente conhecer este Centro Fantástico na Alameda dos Oceanos, em Lisboa.

Têm até à meia noite de sexta-feira, dia 15 de Novembro, para participar. Boa sorte!





A preparar um passatempo fantástico!

Quem quer uma massagem de casal no Medithai?

Hospital D. Estefânia

Como não estava a sentir o Afonso melhor achei que a única coisa que me tranquilizaria era ir com ele ao Hospital D. Estefânia para ser novamente observado. E lá fomos nós de manhã. Mais uma vez um excelente serviço. Apesar de estar cheio, como o Afonso é muito pequeno e estava com dificuldades respiratórios foi rapidamente atendido. Depois da triagem com uma enfermeira muito querida e competente foi visto por um médico que mandou regressar ao Ventilan e sugeriu que ele fosse visto e acompanhado pelo seviço de Imunoalergologia lá do hospital. É que de facto a bronquiolite já deveria ter passado e com um pai asmático e 7 tios direitos com asma e problemas respiratórios convém que ele seja vigiado de perto. Só espero é que ele fique bom. As melhoras, pitucas da mãe!

12 de novembro de 2013

O melhor do meu dia!

A felicidade do meu filho mais velho quando me viu, lá longe, a observá-lo a fazer a sua aula de natação. Ficou tão feliz, tão feliz. Acenou, avisou toda a gente e mandou beijos. E Eu também me emocionei com aquele encontro! Estávamos longe, longe, ao início até tive de me concentrar para perceber que touca vermelha era o meu, mas distingui-o rapidamente no meio dos outros todos e ficámos os dois felizes quando os nossos olhos se cruzaram e ele percebeu que aquela única tonta ali nas bancadas a acenar era a mãe!! 

O melhor do meu dia ( de ontem)

Depois de deitar os meus pequenos príncipes enrosquei-me com o meu marido no sofá, debaixo de uma mantinha, e ficámos ali os dois, super aninhados, a ver o Master Chef e a imaginar que pela nossa televisão xpto vinham aquelas iguarias!! Um programa tão simples, não é? Mas passam dias e dias e dias em que não temos um bocadinho só para nós. E ontem soube bem. E rimos. E conversamos. E namorámos. E foi o melhor do meu dia.

A tosse teima em não largar o Afonso

Já perdi a conta aos dias a que o Afonso está doente. Sempre bem disposto, mas com uma tosse infernal. Nunca teve febre, mas continua com a parte respiratória super afectada. Ontem fez mais uma sessão de cinesioterapia, mas a terapeuta diz que ele já está bom. Continua com um carro a roncar dentro dele e muito atrapalhado. Não percebo. E estou farta de aerossóis que não estão a curá-lo. Há uns anos com o meu filho mais velho fomos a um quiropata que lhe deu uma tareia monumental, mas que o deixou bom. O pediatra de agora é contra e não aconselhou a ir. O meu marido está tentado a levarmos lá o Afonso e resolver de uma vez por todas esta situação. E eu não sei o que fazer. Olho para o número, mas hesito em marcar. É uma tareia tão violenta. Preferia que ele ficasse bom sem ter que lá ir, mas está difícil...

11 de novembro de 2013

O primeiro presente de Natal

Comprei hoje o primeiro presente de Natal. É para a cunhada que me saiu no "sorteio dos manos" que é como chamamos ao sorteio que fazemos, todos os anos, e onde a cada um é atribuído um irmão ou cunhado a quem tem de dar presente. Já aqui disse que a família do meu marido é gigante. Só irmãos e cunhados somos 13! Por isso, cada um só tem de comprar um presente. E assim tem mais tempo e mais dinheiro para comprar o presente certo para quem lhe calhou em rifa. A minha cunhada T. foi primeira contemplada. E espero até ao fim do mês comprar os presentes todos. Detesto deixar para a última hora e fazer compras à pressa e no meio de multidões enfurecidas! 

A gravidez

Eu adorei estar grávida dos meus dois filhos, apesar da última gravidez ter sido de alto risco. E hoje, com uma grávida, desejei imenso voltar a estar grávida. Tenho saudades daquele estado, da barriga... Para mim, estar grávida é mesmo um estado de graça. E eu espero do fundo do meu coração ainda engravidar de um terceiro filho... Que já agora podia ser uma menina, que ia deixar o meu Maridão feliz!

É São Martinho...

... E eu não comi castanhas assadas! E o que eu gosto de castanhas! Não passei por nenhum vendedor. A ver se amanhã encontro algum com quentes e boas... 

O meu novo livro de cabeceira

Adorei "A Escrava de Córdoba" por isso, quando hoje peguei neste livro não hesitei em trazê-lo para casa. Ainda por cima, ao folheá-lo vi que estava autografado pelo autor. Espero gostar tanto deste livro " O Segredo de Compostela" como gostei do primeiro livro que li deste autor. E na altura foi giro porque tinha ido a Córdoba há pouco tempo e tinha-me encantado com a cidade e com a cultura árabe que ainda por ali se sente. 

A minha nova luz de presença

É um anjo e dá uma luz super suave, mas ideal para ter à noite no meu quarto e conseguir fazer tudo o que preciso ao Afonso sem ter de acender mais nada. E como ele adormece logo com ela ligada dá para o ir espreitar e ver se está a dormir bem. Vejam aqui, mas o efeito no escuro é muito giro.

Drama na hora de ir dormir

Sempre dormiu bem este meu filho mais velho, mas ultimamente anda do pior. "Os pais dormem com o mano no quarto e eu sou o único a dormir sozinho!". Já lhe expliquei que assim que o mano estiver bom volta para o quarto deles, mas não está fácil. Às vezes aparece na sala ou no quarto, se já estamos deitado, mas no outro dia saiu da cama e foi descansado da vida jogar iPad para o escritório. Já lhe disse que não se pode deitar à mesma hora que nós, mas ele disse logo "tenho quase 4 anos!" Expliquei que eu tinha 35 e o pai 38 e ele perguntou as idades de mais de vinte pessoas... E o tio Duarte? e a tia Sofia? e a tia Inês? e o primo André? e a prima Teresinha? E a bivó? E a tia Gracinha? E por aí fora... Porque o que ele queria era conversa! Muita conversa. E ele que sempre ficou lindaste a dormir, nunca fez dramas e sempre adormeceu logo. Eu acho mesmo que é por causa do Afonso estar no nosso quarto. A ver se ele para com a tosse à noite para voltar para o quarto dos manos.

O fim da bronquiolite

O meu doce e pequeno Afonso está melhor. Hoje tem mais uma sessão de cinesioterapia e à noite faz, espero bem, a última dose de Ventilan. Apesar de já estar praticamente bom esta semana ainda vai ficar resguardado comigo em casa e sem creche. Tanto mimo bom da mãe! Esta é uma das grandes vantagens de trabalhar a partir de casa. Apesar de ser mais difícil fazer o meu trabalho, e optar por o fazer nas sestas ou à noite depois de os deitar, posso ter os meus filhos em casa sem aquela urgência de quem tem de regressar ao escritório. 

10 de novembro de 2013

O melhor do meu dia

O meu filho mais velho estava a ver o Madagáscar 3. Eu entrei na sala, já no final, com a música a bombar. Peguei no Afonso e comecei a dançar. O mais velho também quis colo. Peguei-lhe e dançámos os 3 ao som da música e ao som das gargalhadas do Afonso, que estava radiante. E este, foi o melhor do meu dia, num fim de semana muito bom com o meu marido e os meus filhos em casa.

A maternidade mudou-me o relógio interno

Desde que fui mãe que muita coisa mudou em mim. E hoje, às 7 e meia da manhã, já estava a descascar batatas, uma abóbora, cenoura  e cebola para a nossa sopa e para as sopas semanais do pequeno Afonso. Há uns anos isto era impensável. Detestava o cheiro a comida de manhã e mal entrava numa cozinha antes da uma da tarde. Pois que às 10 da manhã o meu mais novo já almoçava, o mais velho tomava o pequeno almoço e eu já tinha as sopas todas feitas. É incrível o que uma mãe faz até à hora do almoço, não é? 

Mãe visível e invisível

Para os meus filhos sou completamente visível! Quer um quer o outro precisam de mim, querem-me e estão sempre a chamar, cada um à sua maneira. Para eles a mãe é figura de destaque e o centro de tudo. Para muitas outras pessoas, e pessoas que eu sei que também me amam como a minha mãe ou a minha avó, e algumas cunhadas tias babadas desde que fui mãe tornei-me invisível. Quando chegam cá a casa por quem é que perguntam? Pelos miúdos, claro! Ainda hoje, a minha querida e super avó de 91 anos, mas lúcida como poucas, veio cá almoçar e quando a fui levar, disse logo: obrigada pelo almoço. Gostei muito de vir cá a casa. Já tinha muitas saudades dos pequeninos. Se eu estranhei? Não. Ontem quando a convidei disse-me logo que não queria dar trabalho, mas que vinha para estar com os pequeninos... E eu? Eu que sou neta há 36 anos?! Uma amiga ontem cá em casa ria-se quando ouvia o telefonema e gozou de eu estar com ciúmes dos meus filhos. Não é ciúmes, mas também gosto de sentir que têm saudades minhas... Mas, pronto, eu eu sei que os meus filhos são maravilhosos! Quem é que me mandou fazer uns filhos tão bons?



Nota: só para o meu querido avô Zé é que eu, até ao último dos seus dias, continuei a ser a sua neta menina e sol da sua vida. Não havia cá bisnetos nem ninguém que lhe alegrasse tanto os dias como eu. Um beijinho aí para o céu, querido avô. Sinto muitas saudades!

O meu filho mais velho não gosta de chocolate...

... E durante imenso tempo isto foi um problema para ele. Toda a gente gosta de chocolate. Todos os miúdos adoram Nesquik e Chocapic, mas ele não. E fazia um grande esforço. Comia, metia tudo à boca e depois, longo tempo depois, vinha com uma pasta na boca para eu o socorrer. Eu dizia-lhe sempre que não tem mal ele não gostar de chocolate. Mas ele achava que ficava de fora. Mas agora assumiu-se. E numa festa, no meio de toda a gente, disse a uma das primas: eu não gosto de chocolate. Ela ficou quase indignada, como se ele fosse louco. Mas ele repetiu: não gosto de chocolate e não faz mal não gostar! E eu fiquei orgulhosa. Não é fácil quando somos diferentes e não é fácil ir contra a corrente. E ele, a caminho dos seus 4 anos, assumiu uma coisa perante todos. Só espero que pela vida fora ele seja sempre verdadeiro com ele e assuma sempre os seus gostos e as suas convicções. A nossa individualidade é algo que devemos ensinar aos nossos filhos. 

9 de novembro de 2013

Dia Nacional do Pijama

No ano passado, já não fomos a tempo, mas a educadora do meu filho adorou a iniciativa e garantiu que este ano a escolinha ia aderir ao Dia Nacional do Pijama. E o que é isto? Perguntam vocês! É um dia solidário em que crianças ajudam crianças e aprendem a partilhar. Já cá temos o mealheiro para angariar dinheiro que vai ajudar a mudar a realidade das crianças em risco no nosso país. E no dia 20 deste mês as crianças vão todas de pijama para a escola. Saibam tudo aqui. E não se esqueçam de partilhar esta informação com as educadoras dos vossos filhos para também elas aderirem a esta iniciativa. 

Novas habilidades do mais novo

Fazer brrrrr quando tem sopa ou papa na boca. Eu digo não, não, não... E ele faz beicinho!!! Há lá coisa mais querida!! Beicinho muito ofendido com a sua mãe!

Filho de peixe sabe nadar

O meu filho mais velho tem uma atracção pelo nosso computador, IPad, IPhone e afins. Uma das minha cunhadas resolveu trazer-lhe um teclado que já não funciona. Ele ficou radiante, mas logo perguntou onde estava a televisão para por à frente do teclado. Dissemos que por agora era só assim para ele treinar. Ele não disse nada, mas uns minutos depois encontrámo-lo no escritório a tentar soltar o nosso teclado para colocar lá o dele. O que nos rimos. Não há dúvida de que filho de engenheiro informático já nasceu com uma apetência natural para as tecnologias!! 

O melhor do meu dia

O meu marido ter conseguido ir buscar o nosso filho mais velho ao jardim de infância, ter ido lanchar com ele e terem chegado a casa com um lindo ramo de flores para mim. 
Filho: tu mereces, mãe! E tem um "aucolante" com um urso e um coração. (Olha para o mano) tu também mereces, mas "desquecemo-nos"!


E é com este post que inicio a rúbrica "O melhor do meu dia". 

Vai ser bom reflectir e olhar para as coisas boas do dia. Muitas vezes focamo-nos, e falo por mim, nas coisas menos boas e é importante olhar para o que é positivo. E são tantas coisas... Espero que esta reflexão, sugerida pela Catarina Beato, me ajude a adormecer pensando nas coisas boas que a vida me dá. A mim e aos meus. 

8 de novembro de 2013

Milagre!

O meu marido saiu do trabalho para ir buscar o mais velho à creche.  A esta hora lancham no Califa. Deve ter que voltar à noite ou amanhã, mas estou feliz por ele ter conseguido escapar para estar um bocadinho a sós com o mais velho. 

Mais cinesioterapia

Pois que o senhor D. Afonso vai hoje para mais uma sessão, de uma série de sessões de cinesioterapia. Está melhor, mas não está bom. Continuamos com o Ventilan até segunda feira e a próxima semana continua de molho em casa... Agora que decidiu que não quer dormir, hoje ainda não fechou o olho desde as oito da matina, e aprendeu a fazer brrrrr quando tem a sopa ou a papa na boca! Uma festa! Por isso, lá vamos novamente para os Lusíadas para as mãos da terapeuta Paula. Além de não dormi, também recusou lanchar. Agora vai ter de esperar pelo fim da terapia para comer. Eu avisei!! E é isto. A mim dói-me a cabeça, tenho um guião atrasado e muito sono. E só soube que havia greve ao passar os olhos pela net... Ainda bem que a creche do mais velho, uma IPSS, não aderiu ou em vez de um marialva a tempo inteiro tinha dois!! 

Falta de pai...

O meu marido anda num ritmo louco (e involuntário) de trabalho, que vem dormir a casa (entrando já madrugada a dentro) e pouco mais. Um horror! Eu sinto-me sozinha e mãe solteira, o Afonso nunca vê o pai, mas acho que quem está a sofrer mais com esta ausência é o nosso mais velho. Ontem fui buscá-lo à creche e ele vinha com uma mini motinha na mão. Eu disse-lhe que aquele brinquedo não era dele, mas ele disse que era. O pai tinha ido comprar com ele. Perguntei quando e ele disse que naquele dia. Disse-lhe que achava que ele estava a fazer confusão e lá saímos, trazendo a mini mota que ele jurava a pés juntos ser dele. No carro, fiz a pergnta diária. Qual foi a melhor parte do teu dia? E ele disse que foi quando o pai o foi buscar para irem à loja. E eu já a ficar preocupada e a perceber o que se estava a passar. Não adiantei o assunto, porque percebi que ele estava em sofrimento. O meu marido chegou de madrugada e, por isso, hoje quando acordámos ainda estava em casa. O meu filho quando percebeu que o pai estava em casa correu para o nosso quarto a transbordar de alegria e foi-lhe mostrar a mota que tinham ido comprar juntos. O meu marido lá esteve a falar com ele, a dizer que adorava ter ido à loja comprar aquela mota, mas que aquela deveria ser de outro menino. E o meu filho sempre a insistir que não. E hoje quando o fui deixar à creche, a educadora disse que precisava de falar comigo... Não podia naquele momento, porque tinha uma chamada urgente à espera, mas que tínhamos de falar... E vai dizer novamente que ele tem falta de pai como disse há 2 semanas? E tem! Eles têm falta de pai e eu falta de marido. Mas na empresa semi-pública onde trabalha o meu marido não há contratações. E ele e o colega dele do departamento estão num projecto novo que tem de implementar esse projecto em não sei quantos clientes. E como não se pode contratar eles têm de fazer o trabalho. Horas extra? Nem pensar. 40 horas semanais? Era bom! Mas neste momento ele está a fazer uma média de 90 horas semanais. Isenção de horário? Nesta altura, não! Gozar os dias de licença de paternidade e de férias que estão por gozar? Só no próximo ano! Estamos todos a sofrer? Claro que sim. E muito! E são sempre as famílias as mais prejudicadas neste mundo louco onde vivemos!

7 de novembro de 2013

Diálogo de primos

No carro, a caminho de casa com o meu mais velho e um dos meus sobrinhos (13 anos).
Eu: então, A. Tens alguma namorada lá na escola nova?
Sobrinho: Oh, tia. Não. Mas aposto que o A. tem!
Filho: pois tenho. É a Marina. E já casámos há imenso tempo. No ano passado lá na escola. Mas só estavam os amigos da minha sala!! E sabes, também damos beijos na boca!

Nota: o meu filho tem 3 anos... Está bonito, está! No verão arranjou umas 10 namoradas, mas disse que a mais importante era a Marina com quem já tinha casado!

O meu mais novo acordou para a vida!

E já não se quer deitar cedo na hora dos bebés. Até aos últimos dias jantava à inglesa, por volta das 18h30 e caía redondo na cama. Agora não. Aprendeu a gritar e a chorar e não quer ficar na cama. Hoje trouxe-o para a sala enquanto jantávamos e só o deitei às 21h30. Parece que mudou de rotina, está mais crescido e mais espevitado. É isso, ou é do ventilan! Sendo assim, a partir de agora, vai para a cama à hora do mano, o que até dá jeito, pois assim que ficar melhor volta para o quarto dos rapazes. Vamos ver... Nestas fases, todos os dias crescem e descobrem novas coisas. Este descobriu que sabia gritar e fazer-se ouvir. 

6 de novembro de 2013

Momentos mágicos do meu dia de mãe...

... Chegar a casa da escola com o mais velho, ele correr para o irmão, que lhe abre o melhor sorriso do mundo (aquele sorriso lindo desdentado só com a gengiva, sabem?) e abraçarem-se! E eu espero que a vida os mantenha sempre a sorrir um para o outro!

Hoje tenho um mini ajudante!!!




5 de novembro de 2013

A hora da mãe ir para a cama Vs a hora do pai ir para a cama

A mãe decide ir-se deitar e...
  1. Vai desligar a máquina da loiça
  2. Vai estender roupa e preparar mais uma máquina para o dia seguinte
  3. Tirar do congelador e colocar no frigorífico a sopa do bebé
  4. Preparar a roupa dos filhos
  5. Preparar a mochila do mais velho (e ao domingo preparar o bibe e a garrafa de água)
  6. Preparar o biberão do mais novo
  7. Ir tapar o mais velho e dar beijo de boa noite
  8. Ir dar o biberão ao mais novo
  9. Ir lavar o biberão do mais novo
  10. Lava os dentes e vai-se deitar... Mas sem dormir até ao dia seguinte, claro, porque há toda uma actividade nocturna (e não, malandras, não é dessa que estou a falar) entre um filho e outro
O pai decide ir-se deitar e...
  1. Levanta.-se do sofá ou, em alternativa, do computador e vai-se deitar. Ponto final.
É uma brincadeira, claro, mas com um fundo de verdade, ou não? Por aí não é nem um bocadinho parecido com isto? Apesar de dividirmos tarefas, há coisas que só eu (acho que sei fazer ) faço... E se não tivesse vindo ler este post para o publicar, o meu mais novo amanhã tinha de comer sopa descongelada no micro-ondas! Fui! Até amanhã. É o momento em que decido ir deitar-me... e olhem bem a lista que ainda tenho!!

Momentos mágicos do meu dia de mãe (do mais velho)...

(nas despedidas de boa noite) És tão linda mãe. És a minha mãe querida, querida... Ficas aqui mais um bocadinho? E canta... eu adoro-te, tu também! A família como não há quem!! (acho que é de uns bonecos quaisquer) mais um abracinho. Vou ter saudades tuas até amanhã... (paleio é o que não lhe falta... e ainda só tem 3 anos!!)

Momentos mágicos do meu dia de mãe (do mais novo)...

... Quando o meu bebé estica os bracinhos para eu o tirar do carrinho!! Coisa boa da mãe!

Muito obrigada!!!

Pela onda de solidariedade que se criou para ajudar a fazer o enxoval do Francisco. É fantástico como este pequeno bebé vai receber tanto mimo de mães de Lisboa, do Porto, dos Açores, do Algarve e do Alentejo... até agora, claro! E isto tudo entre desconhecidas que não ficaram indiferentes ao apelo, tal como eu não fiquei quando a auxiliar do berçário pediu a minha ajuda... E como achei que sozinha e entre o núcleo mais próximo não conseguia grande coisa (estão vários bebés a caminho, contrariando a Natalidade deste país) decidi lançar o apelo aqui e pedir uma mãozinha à Mum... E só posso dizer, muito obrigada! E quem ainda quiser ajudar é só enviar um email para vidasdanossavida@gmail.com e eu explico tudo. Mesmo com tanta generosidade o enxoval do pequeno Francisco ainda não está completo. É incrível a quantidade de coisas indispensáveis para um bebé, não é?

Bronquiolite

Sinto que o Afonso hoje está muito melhor. Não sei se foi do ajuste da medicação ou do facto de termos todos DORMIDO 8 HORAS SEGUIDAS!!! A primeira vez de há 6 meses e meio para cá!! Estou nova e também sinto o Afonso melhor. O pediatra vai manter a medicação que lhe foi receitada nos Lusíadas, apenas diluindo em mais um ml de soro o Ventilan. Estamos no quarto dia de tratamento e estou a gostar da melhoria que ocorreu de ontem para hoje. Esperemos que continue assim. Força, pequeno Afonso!! E esta semana vai ser de malabarista... Entre um guião para escrever e entregues e um bebé em casa... E já estou cheia do mais velho que ficou na avó, e ainda bem, que o pediatra ontem atrasou-se e atrasei-me eu também perdendo depois a vez e só fomos atendidos às 8 e meia. Felizmente tinha dado o jantar no nosso horário britânico antes de sair de casa...

4 de novembro de 2013

O pequeno Afonso continua doente

E ontem à noite assustámo-nos muito porque ele não conseguia dormir, estava muito agitado, chorão e com a respiração muito acelerada. Só conseguiu adormecer perto da uma da manhã, quando eu já estava quase a ir com ele para a urgência. Já falei com o pediatra que me disse que há bebés que são muito sensíveis ao ventilan e que por vezes ficam com dificuldades respiratórias por causa deste remédio. Pediu para o ver ainda hoje para o avaliar. Temos consulta às 18. E eu só quero ver o meu pequenino bem. Agora conseguiu adormecer e está com a respiração suave e tranquila, mas ontem parecia que tinha bebido 10 cafés tal era o estado de ansiedade e tremeliques. Vamos ver o que é que o pediatra diz. Com o choro e agitação do bebé, o mais velho também só adormeceu já perto da meia noite. Percebeu que o mano bebé estava acordado e também não queria dormir. Foi uma agitação tremenda. Hoje pedi à minha mãe para ele lá dormir. Não sei a que horas regresso do pediatra e ele está a precisar de acalmar e dormir tranquilo. 

O enxoval do Francisco está a começar a ganhar forma!

Muito obrigada às queridas e generosas leitoras deste blog que acederam ao meu apelo e que já me contactaram para ajudarem o pequeno Francisco. Muito obrigada, do fundo do coração!

3 de novembro de 2013

O meu bebé...

... Continua doente. Muita tosse e atrapalhado para respirar com a farfalheira. A noite foi complicada com ele sempre acordar e não prevejo que a de hoje seja melhor. Amanhã vamos reiniciar a cinesioterapia e continua com a medicação que o pediatra da urgência lhe receitou. Esta semana fica de molho. Entre eu, a minha mãe e a minha cunhada mais velha havemos de nos orientar, até porque tenho reuniões e trabalho em andamento. Apesar do meu Afonso não estar melhor e continuar bastante atacado não perde o sorriso e a boa diposição. É mesmo um filho abençoado. E eu só quero que ele fique bom. Há bocado, de uma das vezes em que o estive a adormecer, tive de o fazer com ele sentado ao meu colo e dobrado para a frente com a cabeça apoiada no meu braço para o ajudar com a tosse e com a respiração. Há uns anos, com o meu filho mais velho, fui a um quiropata que lhe fez duas sessões de cinesioterapia como nunca tinha visto e não voltei a ver. O meu filho mais velho, na altura com 9 meses, não voltou a ter nenhuma bronquiolite, tal foi o trabalho que ele lhe fez a nível respiratório. Só que esse custa 110 euros cada sessão e nos Lusíadas, com o seguro, não chega a 1 euros... Vamos ver como ele evolui nos próximos dois dias e depois logo tomamos uma decisão. O bem estar e a saúde dos nossos filhos está acima de tudo.

Halloween à moda do Pulmicort, Celestone e Atrovents

O Afonso passou mal a noite de sexta para sábado. Muita tosse e pieira. Resolvi ir com ele à urgência pediátrica dos Lusíadas. O médico que o atendeu ficou surpreendido quando o auscultou. É que o meu bebé estava tão risonho e bem disposto que não parecia estar com as dificuldades respiratórias que efectivamente estava. Foi logo medida a oxigenação, mas estava bem. Depois, fomos para a sala dos aerossóis para o meu bebé fazer a medicação por essa via. Duas sessões intercaladas para poupar o coraçãozinho dele, é que estes vasodilatadores são verdadeiras bombas para o coração. Reagiu bem e começou a respirar melhor. Veio para casa com ordens de medicação para fazer o Celestone, o Atrovents e o Pulmicorte, mas vi-me grega para aviar a medicação. As farmácias hoje em dia não tem nada. No meio desta loucura e da mimalhice extra ao meu pequenino havia uma festa de halloween na nossa casa para preparar. Eram só cunhados, sobrinhos e a minha comadre, madrinha do Afonso, mas entre todos éramos 16 adultos e 11 crianças!! Foi a loucura. A casa estava o máximo com os enfeites que comprei, tivemos pizzas múmias e um bolo horripilante. Os miúdos deixaram o quarto dos meus filhos do avesso e estrearam os tapetes novos e beige da sala.  Às tantas, achava que eles eram 50 em vez de 11, tal era a gritaria. Pelo meio dei o jantar ao Afonso, fizemos aerossóis e pu-lo a dormir, depois de correr todos os colos. Foi uma festa e tanto, e depois eu partilho fotos, e o melhor foi quando me vim deitar já não havia vestígios nenhuns de festa. Acho que é uma das coisas boas das famílias grandes. Juntamo-nos muitas vezes, a confusão é sempre muita, mas todos arrumam tudo antes de sair. Como dizia a minha comadre, a única outsider da festa, "grandes cunhados! Estavam 5 de rabo para o ar a arrumar com os miúdos os brinquedos." E assim foi, um dia longo e comprido, mas que correu bem e fez as delicias da miudagem! 

Acertar as crianças com a hora de Inverno

Alguém sabe acertar o horário biológico dos miúdos com o novo horário? Antes acordavam às 8 e agora acordam às 7. Durante a semana é bom e o mais velho não tem de ser retirado da cama, mas ao fim de semana... Aquela hora faz mesmo falta!

1 de novembro de 2013

Pão por Deus

Oh, mãe! Porque é que também deram Pão por Deus ao mano? Ele ainda não mastiga! Só o deixo comer estas bolachas quando ele fizer 3 anos. É que são mesmo duras!! 

O enxoval para o Francisco

Eu não quero ser chata, mas ninguém tem nada que possa e queira dar para fazer o enxoval do Franciso que nasce dm Fevereiro? Cama de grades, uma alcofa, algumas roupas e biberons já seguiram. Ninguém tem um ovo e um carrinho que já não necessite e que esteja só a ocupar espaço? E roupinhas de recém nascido ou para quando o Francisco crescer? Uma espreguiçadeira? Cadeira da papa? Mantinhas?? Sei que as mães da blogosfera costumam ser muito solidárias... Obrigada

É bom viver perto da escola dos miúdos...

... E descobrir que alguns amiguinhos da sala do meu filho mais velho vivem na mesma rua que nós. Haviam de ter visto a excitação!

Os manos já dormem no mesmo quarto!

E foi um sucesso. O piolho bebé não acordou quando deitei o mais velho e o mais velho não acordou quando à uma da manhã o baby acordou a pedir leite. De manhã o Afonso acordou às 7 e o pai foi buscá-lo para o nosso quarto. O piolho crescido apareceu perto das 8. Foi uma noite boa e os meus queridos já dormem no mesmo quarto. Confesso que o meu quarto ficou um pouco vazio sem o baby lá, mas é a vida e entrámos numa nova fase.