30 de agosto de 2017

O Bando das Cavernas

Aceitei a sugestão desta mãe e comprei ontem para o meu filho mais velho começar a ler. Depois conto se é um sucesso ou nem por isso! Espero que sim. Já agarrou num Geronimo Stilton, mas meteram-se as férias e não o acabou... E eu que adoro ler, que lhes conto histórias desde sempre e que eles adoram, quero que agora ele tenha o hábito da leitura por si, os seus livros, as suas personagens favoritas... 

Ementa Semanal

Sei que já vamos a meio da semana, mas não tenho conseguido vir ao blog... Pode ser que ainda dê jeito.

2ª feira
Jantar: Empadão de bacalhau com espinafres

3ª feira
Rolo de carne com arroz de alho e esparregado

4ª feira
Jantar: Lasanha de atum com salada

5ª feira
Jantar: Bifes de frango com cogumelos, tomate e queijo no forno com batata cozida e salada

6ª feira
Jantar: Arroz de pato com salada

Sábado:
Carne bolonhesa, feijão e milho em Wraps - É um mega sucesso cá em casa! Quando faço uma tachada de bolonhesa congelo sempre uma ou duas porções extra para isto!

Domingo:
Costeletas de vaca grelhadas 

Já abriu a Feira da Luz!

Ontem levei-os aos carrosséis...
Falta-me ir às louças, que ontem fiquei logo desfalcada e sem dinheiro!

Do nosso fim de semana❤

Foi mesmo bom. Trocámos uma ponta do Algarve por outra e... apaixonámo-nos! Praia do Martinhal, Praia do Tonel, Praia da Mareta e Praia da Cordoama. Dias quentes de sol, praias quase desertas em Agosto (a contrastar com a bagunça de Monte Gordo na 1ª quinzena), água quente e transparente... O paraíso! Manos e primos na brincadeira. Irmãos e cunhados em óptima companhia. Boa comida, copos e convbersa pela noite dentro, com as crianças a dormir e a ouvir o mar ao longe, sob o céu estrelado... Tão, mas tão bom. Quase que me atrevo a dizer que foram os melhores dias das nossas férias!

25 de agosto de 2017

Fim de semana de verão é igual a...

... Fazer malas e aproveitar ao máximo! É sempre curto (e cansativo, confesso) ir à sexta ao final do dia e vir ao domingo à noite, principalmente com a tralha que é precioso levar (roupas, bicicletas, prancha de skimming, cama de viagem, biberons, fraldas e afins...), mas é por uma boa causa! E há que aproveitar o calor e os dias ainda quentes... 


 Mais um fim de semana de verão, numa praia que não é a nossa, mas que é a dos tios e primo do coração!💗

Sempre equipado!


Desde que regressou a Lisboa, o meu Afonso equipa-se todos os dias. É ele que escolhe a roupa de manhã, já depois de eu ter saído, e veste todos os dias o equipamento do Benfica, que eu vou lavando e secando à noite para lhe dar a alegria de ter o equipamento pronto. E só não anda sempre de chuteiras porque o atrapalha com os pedais. Não houve um único dia desta semana que não andasse equipado. E anda feliz! E ainda não começou a treinar nas escolinhas do Benfica... Mas já está quase, quase... A camisola, essa já está vestida há muito tempo! É louco pelo Benfica como o pai e o mano, os seus grandes ídolos!

24 de agosto de 2017

Não resisti e fiz o teste!

Mas não foi o de gravidez!!! 😊Que esse assunto já está completamente fechado e resolvido na minha vida... Fiz o teste para calcular quantas horas perdi desde que fui mãe. Uma empresa inglesa criou uma calculadora que permite aos pais saberem quantas horas de sono já perderam desde que os filhos nasceram. Eu fiz o cálculo do número de horas que supostamente perdi desde que fui mãe e o resultado foi: 9,990 horas, ou seja, 416 dias o que dá um total de 14 meses sem dormir!!! Nesse tempo, diz a calculadora que mudei 17,820 fraldas, li 869 histórias de deitar (aqui não está certo, porque foram muitas mais, já que leio uma todas as noites desde o 1º ano do meu filho mais velho), cantei 13, 320 músicas de embalar (aqui serão menos, já que não tenho grandes dotes vocais). Façam o teste aqui, que vale o que vale, como é óbvio. Mas uma coisa é certa, já perdi a conta às horas de sono que perdi!

23 de agosto de 2017

Como eles crescem nas férias!! Parte 2!

A Francisca come tudo sozinha. De manhã, ponho-lhe a papa Cerelac à frente (foi no Alentejo com a tia que se habituou a comer papa ao pequeno-almoço e delira!! É a primeira cá de casa a gostar de papas) e ela come a papa toda sozinha. E o mesmo acontece ao almoço, lanche e jantar. Quando começou a comer sozinha usava muito as mãos, sujava-se toda, ficava pronta para ir para a banheira, mas nos últimos dias come praticamente tudo com a colher e sozinha, impecável. Usa uma colher de chá do nosso faqueiro. E é uma máquina a comer. Despacha a comida num instante e quando acaba estende a taça. Depois é só perguntarmos se quer mais ou não e ela lá diz de sua justiça, se sim ou não! Está mesmo uma crescida e uma despachada! 

Como eles crescem nas férias!!

O meu Afonso já aprendeu a pedalar. Está um campeão da bicicleta. Depois de ter andado em bicicletas sem pedais para ganhar o equilíbrio, chegou o momento de colocar os pedais e foi vê-lo ir... Parabéns, querido filho! Estava tão contente com mais esta conquista! E já se sabe que esta mãe vibra com todas e cada uma das conquistas dos seus filhos. É sempre uma emoção!

Nunca demos aos nossos filhos bicicletas com rodinhas porque achamos que não traz benefício nenhum. Eles começam por usar bicicletas sem pedais, tiveram algumas, herdadas dos vários primos, e quando chegou o momento de pedalarem... lá foram eles! O Afonso tem 4 anos e pedala como gente grande. 

Devo estar a ficar xéxé!!

Tinha prometido levar o Afonso ao cinema. Só os dois. Ontem saí mais cedo, fui buscá-lo e lá fomos nós. Chego à bilheteira e peço os bilhetes para a hora que eu queria... A senhora disse-me que não há nenhuma sessão a essa hora... E eu lembro-me que ela está certa! A sessão não é ali, é no Campo Pequeno, a outra sala onde estava o filme. Agarrei nele e voámos para lá. Ele ia feliz porque íamos os dois ao cinema. Na mochila, levava contrabandeado um pacote de pipocas (recuso-me a pagar 5€ por um balde de pipocas) e uma garrafa de água. O filme lá começou... 


E o meu filhote não achou graça... Primeiro ainda esteve entretido com as pipocas - ele e eu!! -, mas depois começámos nas idas à casa de banho, depois quis guardar as pipocas para o mano, depois quis ir embora... Não vimos o final. Paciência. Não gostou do filme, mas gostou do programa com a mãe. 

22 de agosto de 2017

Regressar às rotinas...

... Significa voltar aos treinos de ginásio... Custou muito, muito, estava sem forças nenhumas, muito perra... Há que retomar devagar os treinos e ir recuperando, afinal foram 3 semanas sem ir ao ginásio... 

21 de agosto de 2017

Hoje o filhote mais velho estreou-se numa nova aventura!


E lá foi ele para o seu primeiro contacto com a vela! Ontem estava um bocado nervoso e perguntava se eu achava que ele estava preparado... Abracei-o e disse-lhe que não precisava de preparação nenhuma. Já tínhamos o material que nos tinha sido pedido e bastava que ele fosse e se divertisse! E lá foi ele, um bocadinho receoso... não conhecia ninguém, não conhecia o sítio... tudo de novo. Mas o pai, que o levou de manhã, disse que ao fim de uns minuto de adaptação ficou relativamente bem, apesar do nervosismo do primeiro dia e do facto de ser tudo desconhecido para ele. Espero que ele esteja bem e que esteja a gostar desta experiência. Se não gostar, não é grave, é o que eu lhe disse: são só uns dias e passam num instante. Mas eu acredito que ele vai gostar da experiência. 

Ementa Semanal

Com o fim das nossas férias e com os filhos todos em casa é hora de voltar a abrir a cozinha e de preparar as ementas semanais. Como os filhotes mais novos almoçam em casa durante a semana é bom fazer refeições que sobrem para o dia seguinte.

2ª feira
Jantar: Peixe gratinado no forno com espinafres e molho de camarão (sopa de camarão com natas de soja) e acompanha com puré de batata.
3ª feira
Jantar: Pizza Caseira
4ª feira
Jantar: Almôndegas com esparguete integral
5ª feira
Jantar: Couscous de limão e coentros com salmão no forno
6ª feira
Jantar: Não jantamos em casa. Vamos de fim de semana para continuarmos a aproveitar o melhor do verão!


Reencontro no fim de semana!

No sábado fomos buscar os pequeninos ao Alentejo... Os rapazes ficaram doidos quando nos viram, mas a Francisca ficou muito admirada, completamente especada, admirada a olhar para nós... Foi bom encontrá-los felizes, cheios de saudades e ainda mais morenos! Tinham imensas coisas para contar... Quem adormecia a Francisca na hora da sesta era o mano grande e à noite adormeciam todos juntos, na mesma cama, e depois a minha cunhada punha a Kika no berço. A Francisca andava durante o dia sem fralda, com a sua tanguinha de fato de banho e ia fazendo uns xixis ao ar livre... Também partilhava a comida com a cadela Pipoca, a quem dava o que já não queria. Os manos vieram prós  jogar Uno e o Afonso passava muito tempo de volta dos seus puzzles. Houve bulhas de manos e muito mimo da tia. Correu tudo bem... A tia diz que o mais cansativo foi mesmo o calor, que andou muito perto dos 40º, mas que eles se portaram bem, dentro do que é suposto três irmãos portarem-se, mas claro que se portam sempre melhor com terceiros, faz parte... Foi muito bom abraçá-los e enchê-los de beijos. E voltarmos todos juntos para casa. E também foi bom ver que ficam muito bem com esta super tia, que está sempre disponível para ficar com os sobrinhos e nos ajudar. É bom ter uma rede que nos ajuda.

18 de agosto de 2017

Nem todos os nossos amigos têm filhos...

... E há quem não tenha paciência para crianças...  E nós temos um amigo assim. Solteiro, sem filhos e sem a mínima paciência, gosto ou jeito para crianças... Como imaginam, não é fácil combinar programas com ele... Geralmente vai o meu marido, em programa de grupo do bolinha. E assim que ele soube que estávamos sem filhos estes dias convidou-nos logo para hoje irmos jantar a casa dele. E nós vamos, claro. Mas já avisei o maridão que não quero fazer grande noitada, que amanhã de manhã fazemo-nos logo ao caminho para irmos ter com os nossos filhotes!! Ai, que saudades que eu tenho dos meus pequenotes!

Porque é preciso eternizar os momentos...

Hoje vou dedicar-me a acabar, ou pelos menos dar um grande avanço, ao nosso álbum digital de 2016. Para que os melhores momentos não se percam e para que dê para ver o crescimento dos miúdos... (e o nosso também!!!:)))) organizo as fotos sempre por meses, no computador, e depois faço um best of do ano, que começa em Janeiro e termina em Dezembro... E é tão giro ver a evolução deles, é mesmo incrível... 

Estamos de luto por Barcelona...

... e pelo mundo em que vivemos, em que do nada, somos surpreendidos por mais um ataque bárbaro. 

Os terroristas querem plantar o medo e o horror e o mais terrível é que constatamos que já não estamos seguros em lado nenhum. Quando é que isto acabará? Algum dia acabará...?

Notícias dos meus ricos Filhos!

Filho mais velho já tem saudades da civilização... "oh, tia, mas tu não queres ir beber um café a qualquer lado?" O A. do meio anda feliz a regar e a tomar banhos de piscina. A Patanisca mais nova só usa fralda para dormir e chama mãe à tia, aos irmãos e à cadela Pipoca!

17 de agosto de 2017

Hoje depois do trabalho...

... devia ir ao ginásio fazer as duas aulas que marquei, logo de manhã, cheia de boas intenções...

... Também podia ir fazer o álbum digital de 2016, que ainda não fiz o nosso best of do ano passado... 

... Também era boa ideia dar uma arrumação no armário do quarto dos meus filhos... ver o que serve, o que é para dar...

Mas a ideia de ter a casa, o sofá e a televisão só para mim... Oh, meu Deus! Até estremeço de emoção! É uma coisa tão, mas tão rara, quase única, e demasiado tentadora... 

Podia pensar-se que sem filhos em casa dormia muito bem...

... Mas nem por isso. Farto-me de acordar, sonho com eles, sonho que eles estão na nossa cama... Ai, as saudades! São tantas, tantas!!! Mas ontem à noite falámos com eles e estavam bem e felizes. É tudo o que se quer!

Ontem foi noite de cinema!

Gostámos muito do filme Dunkirk. É um grande filme! Vale a pena ir ver ao cinema. Nem pestanejei um segundo. 


E que bom que foi petiscar e ir ao cinema, enroscada no maridão. Ficou a promessa, por telefone, de contarmos o filme ao pequeno Afonso... 

16 de agosto de 2017

Os “polvinhos” que abraçam prematuros já chegaram a Portugal

Que ternura tão grande.

Clicar na imagem para ler o artigo 

Com os filhos fora...

... A minha cozinha vai estar fechada, estando só a funcionar aos pequenos almoços! 


"Tenho saudades de tu..."

Disse-me hoje o meu filho Afonso, quando falámos de manhã. Eu também estou cheia de saudades dos meus 3 filhos, apesar de só estar sem eles desde ontem antes de jantar... A casa fica vazia, eu sinto um vazio... É uma sensação estranha... Só quero que eles estejam bem, passem uns bons dias e que não haja acidentes... sim, coração de mãe galinha está sempre inquieto... É trabalhar durante o dia, aproveitar os fins de tarde para arrumações e limpezas, aproveitar as noites a dois para namorar e dormir bem e contar os dias para os voltar a abraçar a todos!! 

14 de agosto de 2017

Os filhos continuam de férias...

... E vão passar os próximos dias ao Alentejo no Monte de uma tia. Vão os três, que a minha cunhada é uma super mulher e disse logo que os levava aos três. Nós vamos lá levá-los no feriado e depois regressamos a Lisboa. E eu vou ficar com o coração apertado. A Francisca nunca dormiu longe, sem mim. Sei que estando com os irmãos está bem e sente-se protegida. Também sei que adora esta tia e a Pipoca, a cadela labrador. Mas mesmo assim... Sei que vai correr tudo bem, mas sei que vou ficar à mesma com o coração apertado. Sou mãe galinha, apesar de isso não me impedir de os deixar voar... O final de dia foi para preparar uma mala com roupas frescas e confortáveis, um saco com fatos de banho e outro saco com brinquedos e livros para a hora do calor, que será passada em casa, ao fresco... No resto do tempo vão brincar, tomar banhos de piscina e de chuveiro ao ar livre, andar de bicicleta, brincar com pedrinhas e pauzinhos... aproveitar uns dias tranquilos, ao ritmo do verão alentejano, sem televisão ou gadgets e pouca rede telemóvel... Eu e o pai esperamos recarregar baterias a dois, namorar, jantar fora, ir ao cinema... vamos ver como correm estes dias, em que o meu coração vai estar dividido entre o Alentejo e o Maridão, mesmo aqui ao meu lado. 

CAP

O meu filho mais velho tanto insistiu que no último dia de férias recebeu o que ele mais queria: Um cap! Não gosto, mas ele gosta... E já começa (e de que maneira) a querer impor o gosto dele. "É o meu estilo, mãe", diz-me ele. 

Leitura de férias - "No Teu Deserto"

Ia levar o "O Leitor do Comboio", mas à última da hora o livro que foi parar à mala, para acompanhar o do Ken Follet foi o "No Teu Deserto".



Não lia nada do Miguel Sousa Tavares há uns anos, o último foi "Madrugada Suja", que na altura adorei e devorei em poucos dias, era o Afonso recém-nascido. Também gostei muito de "No Teu Deserto", um livro simples e bonito, que se lê muito bem e de forma agradável. 

Leitura de férias - "O Vale dos Cinco Leões"

Adorei este livro do Ken Follet. Sou fã deste escritor e, mais uma vez, apaixonei-me pelas personagens e pela história. Uma óptima leitura. Recomendo.



Uma experiência nova... Tivemos uma Au Pair inglesa a passar férias connosco!

Contei aqui  que tínhamos uma Au Pair inglesa a passar férias connosco e agora venho contar como correu a experiência. A miúda, de 20 anos, era impecável, mesmo top. Educada, super empenhada no Português, que já falava bastante bem e que melhorou imenso nas 3 semanas que passou connosco, super simpática, prestável e desportista. A ideia principal era ela ajudar-nos com os miúdos na logística da praia... se foi uma grande ajuda? O Afonso e a Francisca não lhe passaram cartão. O Afonso não percebia bem o que ela dizia e a língua foi uma barreira. A Francisca também não se deixou conquistar e só me queria a mim e aos irmãos. A grande ajuda foi no mar com o meu filho mais velho sempre dentro de água com os amigos e os primos e ela sempre com ele e com as pranchas, na hora das carreirinhas. Também jogava futebol à séria e fizeram belos jogos na praia. E era mais um par de olhos, que ficava atenta aos meus filhos rapazes, enquanto iam aos matraquilhos ou estavam com os amigos ou à beira mar a fazer skimming... Foi uma experiência gira e ela teve as férias da vida dela, amou Lisboa, adorou a praia do Algarve, deliciou-se e apaixonou-se pela nossa comida... Em questões de ajuda... Claro que deu jeito, mas eu já tenho tudo tão esquematizado, já estou tão habituada a fazer as coisas, e como o meu marido também teve férias da fisioterapia e estava connosco, não foi assim uma ajuda tão necessária... Mas gostámos da experiência. E nas vezes que eu estava sozinha com ela e com as crianças na praia (também com um sobrinho de 6 anos que ficou uns dias comigo) percebi que se o meu marido não tivesse ido de férias connosco a ajuda dela aí teria sido fundamental porque eu não conseguia tomar banho com todos ao mesmo tempo, até porque o mais velho passava dias inteiros dentro de água... Mas quando ela foi embora, 3 dias antes do fim das nossas férias, também foi bom voltar a ter a casa só para nós... Porque parecendo que não é sempre uma pessoa diferente que está ali, uma pessoa de fora... Mas recomendo a experiência. 

Voltámos de férias!

Foram 15 dias de férias. E foram férias, de facto. Voltei descansada e de cabeça limpa. Li 2 livros! Bebi sangria e jantei fora, mas tive cuidado e não cometi grandes excessos e quando prevaricava, depois compensava, mas ainda assim perdi 400 gramas! Os meus filhos tiveram 15 dias de alegria absoluta, de liberdade, de férias grandes! Os dias começavam às 10h, a Francisca nunca acordou antes disso, e terminavam com eles a irem para a cama nunca antes da meia noite, felizes e estafados! Nunca me levantei a meio da noite, dormimos sempre todos directos, sem filhos a acordar... Esta parte foi a cereja no topo do bolo! Já não sabíamos o que isto era! O tempo esteve perfeito. 


Os dias de praia só terminavam depois das 20h... Ao princípio a Francisca estranhou a praia e a multidão, mas foi-se libertando, habituando e depois era vê-la correr, brincar, tomar banho, fazer gracinhas... 


O meu filho mais velho sempre com a prancha do skimming e nas horas "mortas" sempre a tentar cravar um telemóvel por causa do clash royale. O mano sempre atrás, sempre a querer acompanhar... Brincaram um com o outro, implicaram um com o outro, brincaram com os primos e com os amigos de toldo, os amigos que todos os anos se reencontram no areal... Fomos a Espanha, aos petiscos e ao supermercado, como já e tradição. Houve matraquilhos, carrinhos de choque e a Francisca estreou-se no carrossel. 

As noites eram quentes e pediam rua e passeio.  Os miúdos aguentavam, curtiam os pais e as férias. Os almoços eram sempre em casa e quase sempre (excepto quando tínhamos amigos) li e dormi a sesta, enquanto a Francisca dormia e os manos viam um filme. Tivemos muito cuidado com o sol, mas viemos ainda mais morenos, com ar de férias, com um bronze de dias felizes... Os rapazes e o pai comeram bolas de berlim todos os dias, a Francisca andava de volta deles a cravar trincas. É a mais gulosa dos três! Eu comi uma, que me soube pela vida! E comi um pastel de amêndoa, que também me consolou! Jantámos fora algumas vezes e bebi sangria branca, mesmo boa. Fui ao mercado de Vila Real comprar bom peixe e foi a única vez que não comemos conquilhas, porque a apanha esta interdita. Os dias foram longos e bons, sem stresses de maior. Achava que ia levar os miúdos de férias, que com eles 3 ainda pequenos não íamos conseguir descansar, ter férias, mas estava enganada e foi muito melhor do que eu tinha imaginado, já sem dar de mamar, sem noites em claro, com os rapazes mais crescidos, mais independentes... A Au Pair deu uma pequena ajuda, mas isso fica para o próximo post, que tenho de ir trabalhar!!